Como enviar uma boa Proposta de Sessão Técnica Educacional para a 8º Greenbuilding Brasil

Compartilhe:

Facebook Twitter Google+ LinkedIn Email

Publicada em: 10/01/2017

O GBC Brasil, juntamente com o USGBC, criou a maior plataforma global de transformação de mercado, que consiste em 3 eventos realizados em diferentes continentes (América do Norte, América do Sul, Europa e Ásia), compartilhando uma única ferramenta de inscrição de conteúdo técnico-educacional, onde profissionais do mundo todo podem enviar propostas de palestras e/ou serem revisores do conteúdo enviado.

Para cada evento deve ser enviada uma proposta distinta, buscando sempre apresentar conteúdo inovador e original.

Nos últimos 3 anos, desde seu lançamento no Brasil, recebemos mais de 400 propostas de palestras e mais de 180 profissionais se inscreveram para serem revisores.

Visando auxiliar os profissionais que pretendem enviar propostas de sessões educacionais para a 8º Greenbuilding Brasil, que ocorrerá nos dias 08 a 10 de agosto de 2017, elencamos valiosas dicas e sugestões abaixo. 

1. Não deixe para última hora!
O processo de inscrição de palestras demanda algum tempo e atenção dos responsáveis pelo envio (submitters). São diversos campos que devem ser preenchidos com cuidado; conteúdo que deve ser pensado e qualificado antes de ser desenvolvido e enviado; palestrantes que devem ser contatados por e-mail e aceitar online o link do site; modelos de apresentações; etc. Por isso, inicie prontamente sua inscrição no site e entre com calma até o dia final de encerramento, para adicionar as informações nos campos faltantes. Você pode acessar o site a qualquer momento para incluir e alterar informações. Somente depois que clicar no botão "submeter" que você não poderá mais modificar a sessão enviada.

2. O Título é atraente e explicativo?
O título é a primeira informação que os revisores e participantes terão acesso, portanto é importante que ele seja objetivo e envolvente para atrair a atenção e despertar a curiosidade de todos. Procure ser sucinto e original para que todos queiram saber mais a respeito da sua Sessão. Faça uma pergunta, seja extremamente direto ou inove e instigue a curiosidade de quem irá ler!

3. Seu conteúdo é atual e único?
Os participantes buscam novidades do setor. Apresente uma Sessão com conteúdo diferenciado e atual que ainda não tenha sido apresentada em edições anteriores e/ou eventos similares.
O público é extremamente exigente e antenado. Por isso, atente-se ao fato dos revisores serem especialistas de mercado, participantes de eventos diversos e com amplo conhecimento sobre temas atuais e inovadores. eles darão preferência para temas novos e novas formas de apresentar.

4. Por que as pessoas querem te ouvir?
Apresente seu CV, experiências, qualificações, outros eventos em que palestrou, vídeos de palestras, entrevistas e tudo o que te qualifique e seja um diferencial para falar sobre o tema proposto. 

5. O que a sua proposta irá agregar para os participantes?
Evidencie de forma clara os objetivos de aprendizagem que a sua sessão possui e irá adicionar ao conhecimento que as pessoas já possuem. Esse item é importante para despertar o interesse pela sessão, além de ser determinante para o processo de revisão e pontuação.

6. Sua proposta é diferenciada?
Lembre-se que a grade do evento é extensa, com mais de 50 opções de Sessões Educacionais, e diversas acontecendo simultaneamente. Portanto, quanto mais objetiva e bem elaborada for a sua proposta, maior é a probabilidade de atrair a atenção dos participantes, sendo assim mais relevante para os Revisores.
A proposta é julgada pela força do seu conteúdo. Quanto mais elaborado e atual, maiores são as chances de atrair a atenção para que os participantes escolham assistir sua Sessão ao invés de outra. Conteúdo não é o único item avaliado, a forma de apresentação (saindo do básico formato de palestra) e a forma de atuação dos palestrantes são sempre inovações que os revisores buscam nas sessões mais bem avaliadas.

7. Seja Imparcial e não apresente conteúdo comercial
Envolva e convide seus parceiros, clientes e concorrentes para discutir e assimilar as ideias a serem disseminadas na sessão proposta, evidenciando a imparcialidade da apresentação. O foco do evento é a disseminação de soluções, estudos, projetos, realizações e conceitos. As sessões com maior diversidade de stakeholders são sempre as mais procuradas, pois não apresentam apenas um lado das questões, mas sim uma diversidade de opiniões.

8. Experts possuem mais credibilidade
Caso sua proposta aborde conteúdos específicos, ninguém melhor do que um expert no assunto para apresenta-lo. Sugerimos que a sessão seja elaborada sempre em conjunto com alguém qualificado e que possua grande experiência no tema abordado ou em algum tema complementar, agregando diferentes pontos de vista e maior valor à proposta. Por exemplo, caso aborde sobre a certificação Internacional LEED, procure os profissionais mais capacitados para falar: Profissionais LEED AP ou GA.

9. Qual a metodologia utilizada?
Existem diversas formas de apresentar um conteúdo. Conversas com o público, debates com outros palestrantes, integração entre os ouvintes, mesas redondas, palestras interativas, etc. Como você pretende passar o conteúdo proposto e atrair a atenção dos participantes, sendo ao mesmo tempo inovador? Busque formas diferentes e envolventes de passar o conteúdo, de forma a interessar os participantes e facilitar a assimilação dos conceitos apresentados. promova atividades em grupo, discussões e interações com a plateia, mostre vídeos, etc.

10. Convide mais participantes para palestrar com você
Geralmente, as palestras são mais dinâmicas quando apresentadas por mais de uma pessoa. Sessões que possuem mais de 1 palestrante costumam atrair mais participantes. Use isso a seu favor e convide um palestrante de renome que, além de você, todos queiram ouvir.

11. Aborde temas relevantes para o momento ou Prioritários para o evento
Priorize os temas atuais e de grande importância para o movimento, como: Materiais, Net Zero Energy, Água, Resiliência, Reponsabilidade Social, Ações e Engajamento Comunitário, Habitação Popular, Desempenho de Edifício, Comunidade e Desenvolvimento de Bairros, Contexto Cultural, Políticas e Governo, Saúde e Bem-estar. Baseie-se neles para criar sua sessão, misture temas, não tenha medo de inovar.

12. Envie quantas propostas desejar!
Este é o objetivo principal, receber distintas propostas de diversos profissionais, que possam apresentar sobre diversos temas. Quanto mais propostas enviadas, maiores as chances de ter uma proposta aceita. 


Agora com essas 12 dicas você tem tudo para enviar uma ótima proposta! Boa sorte.

Criamos também uma apresentação com dicas de como preencher a plataforma: clique aqui.

 Clique aqui   e envie sua proposta.
 

IMPORTANTE: Você pode enviar uma Proposta Educacional para ser um palestrante e ao mesmo tempo, ser um revisor de outras propostas! Desta forma, é possível você entender como outras propostas são enviadas, avaliar e melhorar suas futuras propostas educacionais.
 
Seja também um revisor das sessões educacionais nacionais e internacionais  Clique aqui  e inscreva-se!