Green Building Council certifica primeira fábrica automotiva da América do Sul com selo LEED Gold

Compartilhe:

Facebook Twitter Google+ LinkedIn Email

Publicada em: 13/03/2014

Nesta quarta-feira (12/03), o Green Building Council (GBC) participou do evento de entrega da certificação LEED - Leadership in Energy amf Environmental Design - para a fábrica de motores e cabeçotes da General Motors do Brasil, em Joinville (SC). A ação foi destaque nos meios de comunicação nacionais e internacionais.

O evento contou com a presença do presidente e do vice-presidente da General Motors, Santiago Chamorro e Marcos Munhoz, respectivamente; do diretor do GBC Brasil Felipe Faria e do Relações Públicas da entidade Eric Sanchez.  

"Esta operação incorpora a perspectiva da GM de integrar a sustentabilidade em cada decisão que tomamos que vão desde a construção de fábricas eficientes até em desenhar veículos também eficientes. Este reconhecimento é muito importante para nós, pois o certificado LEED do GBC é um sistema de certificação que avalia e classifica as melhores práticas e iniciativas da construção civil em termos de sustentabilidade nas fases de concepção, construção e na operação propriamente dita da fábrica", explica o presidente da GM no Brasil,  Santiago Chamorro.

A fábrica de Joinville, inaugurada em fevereiro de 2013, é a primeira a receber esta certificação no setor automotivo da América do Sul e a segunda fábrica da GM no mundo - a primeira, em 2006, foi a unidade de Lansing Delta Township, localizada em Michigan, nos Estados Unidos. 

Dentre as inovações avaliadas estão a energia fotovoltaica, o uso racional da água e da energia elétrica, tratamento de esgotos por meio de jardins filtrantes e tratamento de água por osmose reversa.

A certificação LEED pontua diversos critérios ligados à sustentabilidade e chega a 110. Destes, a GM conseguiu 60 e com isso recebeu o selo Gold. Entre os destaques, estão a eficiência hídrica (10 de 10 pontos), inovação em design (6 de 6 pontos), prioridades regionais (6 de 6) e terreno sustentável (17 de 26).