GBC BRASIL ZERO ENERGY

Compartilhe:

Facebook Twitter Google+ LinkedIn Email

Publicada em: 24/08/2017

Uma ferramenta que contribui para o desenvolvimento sustentável do país e da sua empresa.

Por Raquel Moussalem, arquiteta e analista do Centro Sebrae de Sustentabilidade.

O GBC Brasil integra o Programa Global "Advancing Net Zero", lançado pelo World Green Building Council com o objetivo de contribuir para o cumprimento das metas do acordo da COP 21 (Paris) e de zerar as emissões de carbono na atmosfera oriundas do setor da construção civil até 2050, de forma que todas as novas edificações e grandes reformas se tornem Net Zero a partir de 2030, e 100% dos edifícios se tornem Net Zero até 2050.

A implantação da meta se viabilizará por meio da criação de ferramentas de certificação para edificações Net Zero - autossuficientes em energia, a serem desenvolvidas por cada nação, de acordo com as especificidades locais.

Dos 76 Green Building Councils existentes no mundo, o GBC Brasil foi o segundo a lançar a ferramenta de certificação, desenvolvida por um Comitê Técnico composto por empresas e instituições.
A GBC Brasil Zero Energy foi lançada em agosto de 2017 na 8ª Greenbuilding Brasil Conferência Internacional e Expo e contribui para o atendimento do Brasil ao Objetivo de desenvolvimento Sustentável número 7, que visa assegurar o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia limpa para todas e todos.

A primeira versão da certificação possui 13 requisitos que compreendem ações para maximizar a eficiência energética, a geração de energia renovável (on-site ou off-site) e a compra de Certificados de Energia Renovável (REC), são eles:

Requisito 01: Tempo De Operação
Requisito 02: Taxa de Ocupação Mínima
Requisito 03: Metragem Mínima das Áreas Construídas
Requisito 04: Tipologia
Requisito 05: Atendimento às Legislações Municipais, Estaduais e Federais
Requisito 06: Edifícios Off-Grid
Requisito 07: Eficiência Energética Mínima para Geração On Site
Requisito 08: Eficiência Energética Mínima para Geração Off Site
Requisito 09: Geração de Energia Renovável On Site
Requisito 10: Geração de Energia Renovável Off Site
Requisito 11: Compra de Créditos de Energia Renovável
Requisito 12: Uso de Energia não Renovável
Requisito 13: Balanço Energético Anual do Empreendimento

A verificação de atendimento aos requisitos é realizada pela empresa Bureau Veritas, contratada pelo GBC Brasil para a auditoria dos documentos e para a verificação in loco das edificações a serem certificadas. A ferramenta de certificação passará por consulta pública, onde interessados poderão contribuir.

A certificação tem validade de 1 ano. Para a renovação é necessário atualizar o balanço energético zerado na operação dos últimos 12 meses contínuos e fornecer os dados anuais para monitoramento do consumo e da geração de energia. Empresas que possuem interesse em obter a certificação GBC Zero Energy devem preencher o formulário de registro junto ao GBC Brasil. A tabela de valores será disponibilizada no site dentro de algumas semanas.

CSS: o primeiro do Brasil a receber a certificação GBC Zero Energy

Entre 11 projetos pilotos registrados, o Centro Sebrae de Sustentabilidade, combinando alta eficiência energética e geração de energia renovável, foi o primeiro prédio no Brasil a receber a certificação GBC Brasil Zero Energy.

Desde maio de 2016, uma micro-usina de 45kWp conectada à rede foi instalada para suprir 100% da demanda de energia do prédio. A instalação da micro-usina faz parte de um projeto de implantação de unidades demonstrativas de Eficiência Energética e Energias Renováveis do Sebrae/MT com o objetivo de promover a disseminação das práticas em gestão de energia e oferecer programas de capacitação, contribuindo para a competitividade dos pequenos negócios.

Os documentos fornecidos para a verificação de atendimento aos requisitos, dentre elas formulários, projetos e contas de energia, comprovaram que:

- a micro-usina está em operação há mais de 12 meses de forma contínua;
- 100% da energia elétrica necessária para a operação do prédio é gerada por energia renovável no local;
- no mínimo 50% da capacidade normal da edificação está fisicamente ocupada e os sistemas correspondentes da edificação operando normalmente;
- o projeto excede o mínimo de 100 m² de área construída exigida pelo requisito 03;
- a edificação tem o uso permanente e cumpre com as legislações municipais, estaduais e federais;
- o balanço energético anual foi zerado por meio de fontes renováveis.

Esta certificação é mais um reconhecimento das práticas já implementadas no Sebrae/MT e no Centro Sebrae de Sustentabilidade, mostrando que a Instituição contribui para o atendimento do Brasil aos objetivos da Agenda 2030 rumo ao desenvolvimento sustentável.

Além da micro-usina, o prédio do Centro Sebrae de Sustentabilidade possui várias outras praticas sustentáveis implementadas, possibilitando a obtenção das certificações Procel Edifica nível A (em 2013) e BREEAM In Use nível Excelente (em 2016).