Green Friday reúne Instituições de Ensino e oferece descontos em cursos.

Compartilhe:

Facebook Twitter Google+ LinkedIn Email

Publicada em: 17/11/2014

Em total contraponto ao Black Friday, os consumidores, poderão, no dia 28 de novembro, consumir conhecimento!

O Green Friday 2014 - movimento colaborativo -  já está sendo organizado para oferecer uma opção de consumo à sociedade. Na ocasião, diversas Instituições de Ensino, livrarias e Organizações, como o GBC Brasil, que propõe cursos vão oferecer descontos de pelo menos 30% em suas ações/livros ligados à sustentabilidade.

Temas como Inovação, Cultura, Espiritualidade, Educação, Política, Território, Economia Criativa, Empreendedorismo e Terceiro Setor. Qualquer formato de curso e evento é aceito (extensão, pós, bate-papo, mestrado, com ou sem diploma ou certificado, simpósio, congresso, cursos, palestras, exposições etc) on line e presenciais. As ações não precisam acontecer na data, nem em 2014, pode-se cadastrar cursos para compra futura.

O movimento foi criado em 2013 pelo site Agenda Sustentabilidade com o seguinte mote "Troque o eletrônico do Black Friday por algo mais importante: o seu conhecimento!".

A ideia nasceu do descontentamento com a forma que o consumo exagerado e desnecessário é incentivado durante o final de ano.

"Na semana do Black Friday de 2013 eu fui bombardeado de publicidade nas redes sociais e sites diversos com" promoções imperdíveis" e lembrei o que um dia um professor me disse "Invista sempre em conhecimento, pois você pode perder tudo na vida menos o que você aprendeu". Neste momento tive a ideia de criar o Green Friday! O legal foi que o Rafael Art, meu sócio, topou essa ideia maluca e ficamos 36h sem dormir para colocar o projeto no ar. Conseguimos!" - explica Thiago Machado, um dos sócios da Agenda Sustentabilidade.

Nesse ano o Green Friday já conta com o apoio do Catraca Livre, da Endeavor, da Revista Sustentabilidade, da Rádio Observatório do Terceiro Setor, do Green Building Council Brasil, da Geekie, do Portal eCycle, da Frente Parlamentar Pela Sustentabildiade, do Instituto Akatu e da Loop Reclame além de já ter sido divulgado no site Quem Inova (link) e está presente na edição da Revista Vida Simples de novembro.

No ano passado foram divulgados 59 cursos de seis Instituições de Ensino (Escola São Paulo Escola de Design Thinking, The Open Mind School,Diálogo Social, Perestroika e a argentina CapacitarSE), além do evento Startup Weekend Foz do Iguaçu, que juntos, movimentaram R$ 60 mil reias.

Nesse ano a proposta é dobrar o número de cursos, atingir um público maior e movimentar algo em torno de R$ 230 mil reais. Além disso, serão incluídos livros e eventos culturais.

O movimento não representa apenas a compra de cursos com desconto, é também uma opção pelo conteúdo, uma experiência de aprendizado, algo que pode-se carregar, ter e ser de forma perene: o Conhecimento.

Para cadastrar um curso acesse: http://www.greenfriday.com.br/insti-ensino/ e para receber as novidades sobre o Green Friday as pessoas podem se cadastrar pelo link: http://www.greenfriday.com.br .