Pedreiro constrói casa com 11 mil garrafas PET em cidade mineira

Compartilhe:

Facebook Twitter Google+ LinkedIn Email

Publicada em: 09/12/2014

De tendência, a utilização das garrafas PET nas construções parece já ter adquirido o status de realidade.No site EcoD, por exemplo, já mostraram casos da boliviana que construiu mais de 300 casas com esse material, além de um prédio em Petrolina, no sertão pernambucano.

A nova história de sucesso vem da cidade de Extrema, no interior de Minas Gerais. Lá, o pedreiro Ed Mauro Aparecido Morbidelli utilizou 11 mil garrafas PET para erguer sua casa.

A residência tem cerca de 100 metros quadrados. O alicerce é de pedra para evitar a umidade e tem a mesma largura das garrafas plásticas que, por sua vez, foram preenchidas de terra e cimento para compor as principais paredes.

Reutilização

Mas o lado ambientalmente correto do projeto vai além. O arrimo é feito de pneus usados e o acabamento foi todo produzido em barro.

O resultado alcançado em dois anos de trabalho é uma casa eficiente, que armazena calor durante o frio e mantém o ambiente fresco em dias quentes.

Além de reaproveitar um grande volume de plástico que poderia ser descartado de forma inadequada no meio ambiente, a técnica empregada por Ed permite uma construção bem mais viável economicamente.

Matéria Site : Eco Desenvolvimento